sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Introdução




No final da década de 1950, colonos oriundos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina foram em busca das terras devolutas que estavam sendo distribuídas pela CANGO (Colônia Nacional Agrícola Nacional General Osório), para então preencher os vazios demográficos da referida região; assim os colonos e suas famílias iam em busca das terras e dos sonhos.
Em meio a toda essa esperança por uma vida melhor, as temíveis companhias de terras e seus cruéis mercenários, os jagunços, instalaram-se no local; queriam de qualquer jeito os loteamentos e os pinheiros. Apelavam para todas as formas de violência, tanto física quanto moral.
Nisso um personagem carismático e simples entra na História: Garibaldi; mestre no manejo do facão, este gaúcho quer mostrar que os colonos e posseiros não estão sozinhos na luta contra as companhias.
Este mangá tem cunho historiográfico (baseado na Revolta dos Posseiros de 1957), mas o mesmo é só um pano de fundo; ao longo da série, os personagensirão se desenvolver em vários aspectos, tanto em suas habilidades de combate, como na questão psicológica.

Samurai Tchê é um mangá inovador, pois valoriza a cultura regional, e mais: possui artigos, referências bibliográficas, preview da próxima edição, e claro, uma sessão de cartas para os leitores participarem, enviando suas dúvidas, críticas, elogios, desenhos, etc.

* VISITE E PARTICIPE DA COMUNIDADE DO SAMURAI TCHÊ NO ORKUT:
* PARTICIPE DA COMUNIDADE MANGAKA BRASIL, ATRAVÉS DO TÓPICO SAMURAI TCHÊ:
* ALGUNS BLOGS QUE DIVULGAM SAMURAI TCHÊ:

8 comentários:

Blackmore disse...

Olá luciano, mto bom os seus desenhos, mto bom mesmo, eu fiz um blog a pouco tempo, tem alguns desenhos meus lá também, se quiser dar uma olhadinha, http://blackmorearts.blogspot.com
vou até adicionar o seu blog nos links para ficar sempre de olho hehehheehe
Abraço!!

Estúdio Hoshizora disse...

Olá, Luciano.
Meu nome é Pablo, e tive a oportunidade de ter seu trabalho "Samurai tchê" em minhas mãos, por meio de uma amiga minha, e gostaria de parabenizar você e sua equipe por este belo trabalho. Sou de Maceió-AL, e também faço parte de um estúdio de produção de mangás, O Estúdio Hoshizora. Um de nossos objetivos, assim como vocês, é mostrar que nós, brasileiros, podemos sim produzir mangás de qualidade. E Samurai tchê mostra isso claramente, seja na parte gráfica, seja no aspecto de valorizar o que é nosso, sem nos fecharmos, porém, ao que outras culturas tenham de bom a nos oferecer. Ótima iniciativa a sua em mostrar uma narrativa relacionada a eventos da história do Brasil, sem falar nas notas informativas ao final do "causo" (mais um ponto positivo, a linguagem e o modo de se expressar dos personagens). Além das pitadas de humor ("Dotô... O sinhô sabe u qui é perseguida?!" XD). Enfim, mas uma vez, parabéns!

Anônimo disse...

Boa, bem original =D

Equipe Darkness disse...

Coloquei a sua revista no blog da Darkness e o link na sua página...sorte para todos nós!!!

Anônimo disse...

www.desenheepublique.com/

Publique sua historia aqui,e interaja com outros mangakás brasileiros,este site é para podermos divulgar o seu trabalho para o mundo!!

Anônimo disse...

Cara, muit foda, mas disponibiliza essa porra pra leitura online!!!!! É muito legal mesmo e que ria ler. Apresentar só uma idéia não rola. Quero ler! E se o medo for plagiarem, tu pode colocar sob creative commns.

Victor Ramos disse...

Parabens pelo ST, ainda não tive o prazer de ler mas dei uma BOA olhada pelo orkut, eu estou lutando para me tornar um desenhista e ganhar a vida com isso pessoas como voce me estimulam, obrigado.

Roberto Pocai disse...

Muito bom teu trabalho, eu escrevo contos e histórias do sertão do sudoeste também:
http://sertaosangrento.blogspot.com